domingo, 5 de agosto de 2012

O FOCA







Jânio de Freitas e Paulo Francis




A foca é bicho de águas salgadas, faz festa nos aquários e sessões da tarde. Dizem que é inteligente e faceira, mas nunca entendi o porquê daquela carinha de alegria: tem as barbatanas curtas, achatadas, e se locomove em contorções. Semelha a um desses seres em eterna transição anatômica.  Seu nome, usado como substantivo de dois gêneros, designa também o/a jornalista em começo de carreira. Os dois mamíferos não teriam interesse nesta crônica, não fosse “o foca” a redenção viva da imprensa em geral.




Bóris Casoy e Carlos Castelo Branco
  

Simpatizo-me pelo foca. Sempre se incumbe de reportagens chatas. Eu mesmo fui um foca, nos idos da ditadura. O editor do Diário pautou-me matéria em um cárcere, sobre a vida dos detentos. Lá fui, vestido de coroinha, três sábados seguidos, às 4 da tarde, a ajudar a missa que um padre italiano rezava no presídio. Voltava com um balde de cartas que os presos me confiavam, driblando a censura da chefia. Quando não envelopadas, lia-as por curiosidade mórbida. O foca é um eterno curioso, e essa é uma de suas qualidades mais fecundas.



 Élio Gáspari e José Hamilton Ribeiro



Bluff Your Way in Journalism, de Nigel Foster, sobre gritantes equívocos dos jornais, jornalismo e jornalistas (cito o título em inglês pra fingir que li no original; os que já foram foca têm constantes recaídas de foca). 




Clovis Rossi e Glória Maria



Como dizia, em tal livro se afirma que o foca-homem sofre de acne terminal, o que parece verdade e suscita anedotas na redação. Mas, por maldade ou machismo, assevera que a foca-mulher está sempre atenta contra o assédio sexual e, em muitos casos, fica frustrada quando isso não lhe acontece.



 Millôr Fernandes e Alberto Dines




Um dom agregado à condição de foca é a arrogância e presunção, diz o livro. Seja qual for o assunto, dá sinais de entendido. Diante dos acontecimenos que serão notícias, manifesta longos silêncios, como que a dissecar as segundas intenções dos personagens envolvidos.  Nas entrevistas, olha o interlocutor com suspeitas, e, ao redigir o texto, enfatiza entre aspas tropeços do entrevistado. Nesse ponto, há que se lhe acrescentar mais um toque de personalidade: o foca quase sempre é do contra e exerce o autoritarismo dos novatos.




   Reale Júnior e Salete Lemos



O foca, foca mesmo, adora jargões em inglês dos cursos de jornalismo. Esnoba “hard news”, “leads”, “on”, “off”, “press release” e “briefing”. Mas, plantado no instinto, com atributos peculiares do foca, é o que vai tornar-se o jornalista que se preza, de honra. Incorpora a ação altruísta que só germina no fulgor da juventude. E se faz locomotiva a noticiar o tempo que transforma, canal de denúncia à torpeza dos rudes, fermento de coragem, idealismo e civilidade.




Tim Lopes e Zuenir Ventura




Wladimir Herzog



91 comentários:

  1. Ótima crônica, caro professor Romildo Sant'Anna. Em primeiro lugar, porque o que lemos constitui, de fato, uma crônica, algo raro nos cronistas de agora. O estilo é ligeiro, leve, fazendo eco ao tom adotado pelo cronista para abordar o foca
    . Há um retrato em rápidas pinceladas desse profissional, o que termina por revelar, indiretamente, uma nesga de determinada época de nossa história. O processo de caracterização do texto de Romildo é o da sinédoque, muito adequado ao gênero que escolheu. "O Foca" termina bem: com uma chave de ouro dos sonetos.

    João Adalberto Campato Jr.

    ResponderExcluir
  2. Muito bacana, amigo. Quem foi foca como eu vai se identificar muito. Adorei. Ótima semana.
    Harlen Félix

    ResponderExcluir
  3. Belo Romildo, sempre falando com muita propriedade.Orgulha-me o fato de também ter sido uma.Eternos focas, no bom sentido , é o que todos precisamos ser. E também manter a fome da notícia para que o nosso jornalismo seja realmente transformador. Vc é sempre show. Te admiro muito. Grande abraço!

    Dani Golfieri

    ResponderExcluir
  4. adorei! sou sua fã!!!

    Renata Alcalde

    ResponderExcluir
  5. Continue assim, Romildo Sant'Anna, para o deleite de todos nós. Grande abraço.
    Aristides Coelho Neto

    ResponderExcluir
  6. Gosto de suas publicações Romildo Sant'Anna! Abraço e obrigada pelo carinho!
    Joelma Caparroz

    ResponderExcluir
  7. Pai, muito bom!!! Adorei!! Boa semana pra vc tb e vamos comemorar domingo!!
    Luísa Sant'Anna

    ResponderExcluir
  8. Muito bom, viajando aqui, eu com my self (foca) às vezes optando pelo I want to be alone (foca). Enfim, o cerne da questão é: especialista em generalidades com ares de comandante. Parabéns, mestre.
    Wilson Guilherme

    ResponderExcluir
  9. romildo adorei como sempre vc nos surpreendendo com sua criatividades parabens

    Raquel Guimaraes Padua

    ResponderExcluir
  10. Obrigada, Romildo!!! Estarei com carinho, lendo e comentando a sua crônica. Produtiva semana para você. Abraços
    Agda Maria Beolchi Luca

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito!!!

    Renata Montenegro

    ResponderExcluir
  12. Olá Romildo, mais uma vez meus parabéns pelo trabalho.

    Bruna Oliveira

    ResponderExcluir
  13. Oi Romildo, adorei sua crônica, alias gosto de todas que voce escreve!! Muito interessante sua abordagem sobre o " foca". Todos em qualquer profissão tem um começo, e quem quer crescer, tem que lutar e cada um luta com as armas que tem!!! Leio todas crônicas que voce me manda, com mta atenção, gosto da sua maneira de escrever!! Uma ótima semana para voce!!! Abraços!!! (nao consigo passar meu comentário dentro do seu blog, porisso acho que voce as vezes nao vê )

    Rosane Beolchi Tavares

    ResponderExcluir
  14. Linda meu bem, como sempre. Justa homenagem aos escolhidos...BjBjBjBjBjBj
    Evanilda Amaral

    ResponderExcluir
  15. mencionou você em um comentário.
    Beleza de crônica, Romildo Sant'Anna! Obrigada e uma ótima semana pra vc tb!
    Karin Volobuef

    ResponderExcluir
  16. "Romildo Sant'Anna, obrigado por mais essa, um abraço.
    Luiz Aurélio Fedozzi

    ResponderExcluir
  17. vamos nos manter em águas salgadas .... ótimo texto Romildo Sant'Anna
    Rogério Ferraz

    ResponderExcluir
  18. Fantastico, é tudo verdade mesmo, adorei, vc é mesmo otimo. Uma semana abençoada pra voce. bjujus

    Juju Mussi

    ResponderExcluir
  19. Muito boa! Abençoada semana...
    Marcio Tadeu

    ResponderExcluir
  20. Romildo Sant'Anna,é professor,fez teatro,cinema,televisão,música,fotografia,publicou alguns livros;alguns até merecedores de alguns prêmios afamados.
    Sem contar que é de uma educação extraordinária.Grande amigo.
    Visite seu blog,quando tiver um tempinho.
    Quis lhe enviar essa crônica-imagem,porque lembrei-me de você,que é jornalista.
    Espero que goste.
    Abraços!
    Lenise

    ResponderExcluir
  21. Muito bacana, amigo. Quem foi foca como eu vai se identificar muito. Adorei. Ótima semana.
    Arrlen Félix

    ResponderExcluir
  22. Obrigado, amigo: faço minhas suas palavras. Aprecio demais sua contribuição em prol da cultura e gosto muito de seus escritos. Aquele abraço...

    Salvatore

    ResponderExcluir
  23. Já estamos curtindo seu blog!
    Telma Renascer

    ResponderExcluir
  24. Como sempre, tudo que você faz é muito bom!
    Etel Resende

    ResponderExcluir
  25. Obrigada!!!Muito bom.
    Aninha Vergara Trevisan

    ResponderExcluir
  26. Muito boa,gostei muito! Já lhe disse que aprecio muito o que vc escreve,parabéns mais uma vez e obrigada!Forte abraço.
    Sandra Issas Moura

    ResponderExcluir
  27. É nessas horas que dá uma saudade maluca do Paulo Francis.
    Chico Siqueira

    ResponderExcluir
  28. Muito bom o blog.
    Telma Renascer

    ResponderExcluir
  29. Eu tenho a impressão que os jornalistas atuais são eternos focas.Nunca tinha visto foca velho, mas hoje eles habitam a redação com ares arrogantes de um verdadeiro foca. Será que Darwin está errado e os focas não mais evoluem?

    ResponderExcluir
  30. Professor, Romildo. Que bom reecontrar seus textos. Um grande abraço. Do amigo e eterno foca, Josué Suzuki.

    ResponderExcluir
  31. Romildo , belo exclarecimento, para que possamos identificar os focas no dia dia ,gostei parabéns mais uma vez

    ResponderExcluir
  32. Sem fugir do foco, Romildo enfoca com clareza em seu blog as palavras que a gente tem vontade de "falar".
    ___ sensacional a crônica, mais uma vez nos orgulhamos dos textos de Romildo Sant'Anna.

    ResponderExcluir
  33. ótima crônica, Romido!!!

    ResponderExcluir
  34. Não fosse sua indiscutível capacidade de articular o pensamento, valeria pela curiosidade, não fosse bastante seu talento, já me bastaria seu humor. Grande Romildo!Abraço e obrigado.Ricardo Zammarian

    ResponderExcluir
  35. Li, professor. Sensacional, como sempre.

    Thiago Cury

    ResponderExcluir
  36. Vc, como sempre, amigo é imbátível!... Suas crônicas são de mta sabedoria! Acabei de ler e adorei, lembre sempre de me remeter suas crônicas, que ficarei mto agradecida!!! Um gde abraço, meu amigo!!!
    Marilza Carvalho

    ResponderExcluir
  37. Olá Romildo Sant'Anna, você sempre com muita propriedade e criatividade. Sou sua fã, você sempre supreende! Abraços!!!
    Zelia Christina Rbraz

    ResponderExcluir
  38. Oi Romildo, li e gostei da sua ultima crônica. O texto flui. è ágil, informativo e dinâmico.Parabéns.

    ResponderExcluir
  39. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  40. Uma vez foca, sempre focado !!
    É muito bom, lustros depois, receber, de primeira mão, uma crónica dessas, em casa... O seu jeito singelo de ser, não deixou de ser foca... Obrigado, Romildo!!
    Hugo Ramón

    ResponderExcluir
  41. Os eternos Focas, meu caro Romildo Sant'Anna!
    Muito bom o texto, gostei de mais. Obrigado!
    Renato Dias Martino

    ResponderExcluir
  42. Muito, muito bom !!!!!
    Eli Buchala

    ResponderExcluir
  43. Eres especial, gracias.


    Martha Lucia Pineda Vasquez

    ResponderExcluir
  44. Professor Romildo, está na hora de um veículo mais poderoso. Eu apoio.

    João Adalberto Campato Jr.

    ResponderExcluir
  45. Meu amigo, vc é o máximo. Além do dom da escrita, voce aprimora o seu talento a cada crônica. Sou seu fã. Forte abraço.
    Antonio Carlos Del Nero

    ResponderExcluir
  46. Belíssimo texto, pra variar. Todos nos encontramos na sua crônica...
    Júlio Cezar Garcia

    ResponderExcluir
  47. recomendo aos amigos as crônicas de Romildo Sant'Anna, ___qualquer coisa de notável!"
    Jayme De Souza Filho

    ResponderExcluir
  48. Obrigada Professor! É um privilégio ter acesso aos seus pensamentos! Abração!
    Valeria Plagge

    ResponderExcluir
  49. Caro Romildo, que deliciosa viagem no tempo. Seu texto sempre muito bom mesmo. E como já disseram muitos, antes de mim, uma vez foca, jamais se esquece! Adorei recordar momentos fulgazes desta época deliciosa, que vivenciei na Revista Quatro Rodas (ed. Abril-1988) e no Jornal da Tarde (Estadão-1989-91.

    ResponderExcluir
  50. Muito legal a crônica, Romildo. Você é um poeta!
    Marta Pagotto

    ResponderExcluir
  51. Romildo, na continuidade dos outros depoimentos, a minha opinião sobre seu valioso trabalho comentando O Foca. Gostyei muito e estão lá o meu aval e o meu aplauso reconhecendo mais um sucesso com o tradicional carimbo vitorioso da sua lavra inconfundivel. Abração do Alexandre
    Alexandre Ismael

    ResponderExcluir
  52. Meu dileto amigo Romildo, custei mas acabei localizando sua cronica confessional que voce com sua proverbial sinceridade relata e condensa, em poucas linhas uma emociante historia de vida que ja dura sessenta anos É dificil para qualquer observador encontrar motivos para entender porque muitos,inclusive eu, gosto de quando em vez, de percorrer com muita emoção a ladeira da memoria. Só que voce conseguiu com muita habilidade definir numa sintese inteligente as aventuras ásperas e dificeis.alegres e promissoras de cada etapa e que na soma dos resultados, gerou um um genio da literatura. Gostei Romildo, voce é um cara de coragem e de muita sabedoria. É a marca do talento que ja nasce com o aceno do sucesso. O meu abraço de admiração.


    Alexandre Ismael

    ResponderExcluir
  53. Bela crônica das focas aos novatos, uma viagem.
    Cecilia Marques Dos Santos

    ResponderExcluir
  54. Romildo, meu caro narrador, seus livros tem sido bons companheiros, um raríssimo licor que demanda uma degustação tão lenta e prazerosa.
    felicidades! Abs Gonzaga Pedrosa

    ResponderExcluir
  55. Leitura obrigatória para aqueles que se intitulam jornalistas e para outros tantos que estão nos bancos das universidades. Uma porção de realidade no universo da fantasia e do faz de conta que vive o jornalista.
    Fabio E. Monteiro

    ResponderExcluir
  56. Amigo Romildo, gostei muito da crônica. Acho que um bom jornalista deve conservar um pouco do "Foca" por toda vida profissional. Um grande abraço e meu respeito.
    Emanuel Pedro Tauyr

    ResponderExcluir
  57. Grande professor! Sensacional hein! Parabéns!

    Thiago Ariosi

    ResponderExcluir
  58. Continuo acompanhando seu blog, porque gosto de tudo o que você escreve. Não deixei de ser sua fã, e não deixo de admirar a cada post seu, sua capacidade de transformar assuntos do cotidiano em lindos textos.
    Beijos
    Miryam

    ResponderExcluir
  59. Caríssimo amigo Romildo,
    O seu Blog, que sempre vejo, surpreende sobremaneira.
    Parabéns
    Abraços
    Domingo Braile

    ResponderExcluir
  60. Caro amigo

    Não consigo trabalhar com blog. Não acerto.

    Mas nada me impede de verificar o quanto crescemos, amadurecemos intelectualmente e disto dão provas suas deliciosas crônicas. Só agora fiquei sabendo da origem do termo grileiro.

    Um grande abraço e, por favor, continue.

    Wilson Daher

    ResponderExcluir
  61. Excelente crônica, querido Romildo. A abordagem sobre a foca e o foca foi certeira, detalhando em poucas
    linhas seus conhecimentos, frutos da vivência própria e convivência com esses colegas. As imagens
    de figuras conhecidas fazem jus às suas palavras. Gostei muito. Aliás, seu blog está muito bom.
    Bjs.
    Maria Helena Chein

    ResponderExcluir
  62. Olá, meu amigo



    Novamente sua crônica está excelente. Torno a lhe afirmar que o mais impressionante é que realmente É TUDO VERDADE.

    Parabéns também pela escolha primorosa das fotos postadas.

    Um grande abraço do amigo Jacob

    ResponderExcluir
  63. Oi Ro, bela crônica! Não sei se por não ter conseguido me desvencilhar da condição de foca - depois de tantos e tantos anos na labuta jornalística -, mas o fato é que não gosto muito do termo. Mas o retrato é perfeito. Acredito, porém, que a espécie está em vias de extinção, hoje, junto com toda a fauna que faz/fez os jornais. Vejo o jornalismo, tal como o conhecemos, acabando e dando lugar a uma forma de passatempo mais ligada ao entretenimento do que à informação e análise de fatos relevantes atuais. Em tempo: não creio que "a culpada" seja a internet, nem sequer o tipo de educação que se recebe hoje nas escolas, mas o espírito da época. Se é cada um para si, por que saber do que acontece com o outro, com a cidade, com o mundo?

    ResponderExcluir
  64. Impossível não gostar. Riquíssimo. Seu poder de síntese é fantástico. Vou continuar lendo. Já dei até uma passeada pelo blog. ABRAÇÃO

    Araguaí

    ResponderExcluir
  65. Caro Romildo
    É claro que gostei, gosto muito do que você escreve, tem estilo, lucidez e, sobretudo, excelentes informações produtivas, segue avante sempre, com meu carinho
    Miguel Jorge

    ResponderExcluir
  66. O foca que permanece como jornalista, com certeza é pq o dom de escrever se sobrepõe aos percalços da profissão .
    Como é bom ler quem escreve bem assim como vc Romildo! Obgda por partilhar! bj

    ResponderExcluir
  67. Romildo,

    Saudações paulistanas. Li sua crônica (excelente) e alguns comentários. Foi bom encontrar nomes riopretenses que ainda existem na minha memória. Estou bem, reformando a casa.
    Queria te dizer que o capricho e a criatividade das suas casas vêm me motivando a não jogar a toalha no chão cheio de poeira.
    Quando vier a SP, venha tomar um café com conversa.
    Abraço,

    Vendra

    ResponderExcluir
  68. Amigo Romildo Sant'Anna.. uma grande alegria encontra-lo aqui, gosto muito de suas crônicas porque são recheadas de muito bom humor e inteligencia,e agradeço, por ler seu blog,maravilhosa semana a vc também amigo. abraços.
    Silvana Mantovani

    ResponderExcluir

  69. Prezado e estimado Professor Romildo - agradeço tal amizade - posto que somos amigos fora e dentro do Facebook! Mas será sempre um prazer tê-lo hoje e sempre! Adorei seu Blog. Um grande abraço!

    Tony Silva

    ResponderExcluir
  70. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  71. É fantástico seu blog, VIVA Romildo!
    Mauricio Gomes

    ResponderExcluir
  72. lvinha Ismael 26 de Agosto de 2012 00:35
    Ola! Agradeço por aceitar meu pedido de amizade! Comecei a ler seu blog! Adorei. Primeiro o tamanho das letras...dei gr
    aças por poder dispensar os óculos! Faço isso tambem no meu blog para facilitar a vida das " vistas cansadas " como eu! Depois adorei o texto...ainda li apenas O Foca. Facil compreensão e fala a linguagem que não nos faz desejar ter um dicionário ao lado! Me fez lembrar um pouco de mim ao escrever. Não querendo comparar graus de inteligencia e cultura...sei que o seu vai milhas mais longe que o meu! Continuarei a ler e acompanhar. Se tiver sem nada para fazer algum dia e puder dar uma passadinha no meu blog...lá vai o link http://www.facebook.com/l/uAQH-yCFXAQGxd5GFyxdZB0sl8kByYsqMopwv-ZaJK6sccg/www.sexoeidade.blogspot.com Bom domingo!


    Silvinha Ismael 26 de Agosto de 2012 00:35

    ResponderExcluir
  73. O prazer é todo meu em beber em suas crônicas, grande abraço.
    Mauricio Gomes

    ResponderExcluir
  74. Obrigado Romildo! É um prazer muito grande te-lo aqui e tb poder compartilhar de seu talento ímpar! Estarei conectado com seu Blog. Já gosto de suas crônicas desde sempre, pois acompanho seu trabalho quando é publicado. Sucesso amigo! Abçs...
    Silas B. Marçal

    ResponderExcluir
  75. Obrigado Romildo! Estou lendo "O FOCA", achei ótimo! :)
    Afonso Sanches Serrano

    ResponderExcluir
  76. Olá Romildo,
    Parabéns pelo blog !

    Bia Sinibaldi

    ResponderExcluir
  77. Ooooo patrão!. Ocê não tem mais nada prá fazê não? Fica aí escrevendo essas bobage. Vai trabaiá sô. Essas escreveção nunca deu camisa prá ninguém não.
    Abçs.

    ResponderExcluir
  78. Romildo, já sou fã das suas crônicas. Comprei na Estante Virtual um exemplar da Liberdade é Azul (autografado) e outro do É Tudo Verdade. Devorei os dois numa pegada só. Emocionei-me ao ver retratados personagens importantes da minha vida riopretense, como Dinorath, João Pinguinha, J. Ravache e tantos outros. Também fui foca no Diário da Região. Sou cria do Antonio Higa e do José Luis Rey. Além de irmão de sangue do Jary. Não preciso dizer o quanto gostei de ler "O Foca". Um forte abraço pra você.

    Cezar Bergantini

    ResponderExcluir
  79. Olá Professor, suas crônicas são lindas e eu adoro ouvi-lo pela tv tbm. Grande abraço, sou sua fã! bjs.

    Cely Rocha

    ResponderExcluir
  80. Olá Romildo, li e adorei muito muito boa... parabéns
    Michely Cordeiro

    ResponderExcluir
  81. Adorei suas cronicas - vc é um mestre!!!! parabéns.
    Maria Cecília Nigro Batistela

    ResponderExcluir
  82. Só mesmo vc Profº Romildo para nos presentear com um belíssimo texto como esse, para mim é, simplesmente e unicamente, fantástico. Me orgulho e muito de ter tido a oportunidade de ser um discípulo seu. Serei sempre grato. Valeu!!! Parabéns.
    Carlos Izáino

    ResponderExcluir
  83. Olá Romildo.... Adorei sua postagem e li atentamente sua crônica e achei o máximooo!É uma leitura leve, divertida e muito ,muito prazerosa!Parabéns professor!Bom dia e uma semana iluminada!!"
    Valdirene Atique

    ResponderExcluir
  84. Professor, obrigada pela amizade virtual e pela amostra de sua escrita clara, objetiva e com um gostoso toque de humor. Sinto-me honrada.
    Marta Costa Vale Rodrigues

    ResponderExcluir
  85. Querido Romildo adoro suas crônicas !!!!!! Já li algumas e essa O (A) Foca de grande reflexão !!!!!Adorei!!!!!! Grande abraço
    Liliana Bardella Caldeira

    ResponderExcluir
  86. Paulina Marcondes Goulart comentou seu link.
    Olá Romildo,adorei do começo ao fim,interessante como vai despertando cada vez mais a atenção,e de quando em quando toques divertidos!Conheço-o desde o tempo da FARFI,onde na mesma época fiz História Natural,bons tempos.Adorei reencontrá-lo.
    Parabéns!Abraço.

    Paulina Marcondes Goulart da Silva

    ResponderExcluir
  87. Professor Romildo, parabéns pela crônica.

    Nelson Polisello

    ResponderExcluir
  88. Reli sua crônica, pois muito curiosa (sem ser foca) já havia lido no face de nossa amiga em comum,Aline.Gostei, achei muito interessante também a homenagem que está intercalada de vários jornalistas , que pelo seu trabalho tornaram-se mártires e morreram por ele. Parabéns."
    Gilda Tessarolo B. Teixeira

    ResponderExcluir
  89. Romildo adorei seu blog parabéns te achei muito interesante beijos
    Ingrid Faria

    ResponderExcluir
  90. Bom dia, meu querido! Muito bom seu blog, como era de se esperar. Vou acompanhá-lo sempre. Abraços."
    Jair Lemos

    ResponderExcluir


  91. Parabens Professor Romildo Sant'Anna eu e Daniela adoramos o seu blog. Uma ótima semana pra você tambem.abç.
    Daniel Daniela

    ResponderExcluir